Barouk: a cozinha dos detalhes e dos sonhos realizados

Abençoado. É assim que Rummeniggue Zanola se sente estando no coração de Tiradentes. Este adjetivo, que descreve tão bem seu semblante calmo, tem outras designações na cultura árabe e no latim. Uma pequena volta ao mundo ou busca no google logo se descobre: Barouk quer dizer abençoado; bendito. Uma choperia na esquina do Largo das Forras, ao lado de um grande restaurante, ambos chamados Barouk, representa o que seria a benção para Rummeniggue e sua família: a realização de um sonho. 

 

De designer de jóias a chef de cozinha, Rummeniggue Zanola começa sua carreira na gastronomia antes mesmo de sequer imaginar ser dono de um restaurante. A paixão pela cozinha já marcava presença no início dos anos 2000 e por conta disso, fazia questão de participar de eventos relacionados à culinária mineira. O tempo foi passando, e a vontade de se especializar naquilo que realmente movia seu coração era cada vez maior. 

 

O tiradentino, que não se imaginava fora da cidade do inconfidente, vai para Barbacena fazer o curso intensivo em gastronomia. Algum tempo depois, abre o seu primeiro negócio: o Barouk Choperia.  “Na realidade, o que nasceu primeiro foi a choperia em 2014. A ideia era ser um lugar para encontros, que servissem só aperitivos”, comenta Rummeniggue. Mas, o estabelecimento foi crescendo e devido a necessidade que surgia dos próprios turistas, Rummeniggue e sua família abrem em 2016 o segundo estabelecimento, o Barouk Restaurante, especializado em comida mineira contemporânea com traços da culinária espanhola.

Do design de jóias, Rummeniggue herdou o apreço aos detalhes. Cada parte do restaurante é cuidadosamente voltado para o aconchego e exploração dos sentidos de seus clientes. O cheirinho de comida fresca e quentinha aliada ao ambiente espaçoso e aconchegante, deixa o Barouk ainda mais agradável aos olhos e ao paladar. O chef de cozinha e proprietário dos estabelecimentos, ainda desfruta da boa relação com os seus 32 colaboradores e faz questão de recepcionar da melhor forma cada cliente. 

Enquanto Rummeniggue fica por conta da cozinha e dos treinamentos dos funcionários, sua esposa, Carla Fernanda, comanda a parte financeira e administrativa. Assim, juntos conseguem gerir dois negócios no coração de Tiradentes. “Administrar isso tudo é bem complexo, tem que ir com muita calma, muito jeitinho, cautela… Mas sempre conseguimos lidar com tudo. Apesar dos problemas que sempre surgem por trás dos bastidores, nós, com muito profissionalismo e autocontrole, conseguimos passar por cima”, explica Rummeniggue.

Para Rummeniggue, cozinhar é uma arte dos detalhes. “ A cozinha é uma coisa muito delicada. Não é só chegar e fritar uma batata. Por mais simples que seja,  a gente precisa ser bem criterioso, as coisas precisam ser bem apresentáveis, ter um sabor interessante… São esses detalhes que apaixonam e conquistam o cliente”, comenta o chef. 

 

A benção que foi o surgimento do Barouk na vida de Rummeniggue e sua família é nitidamente percebida pelo seu sorriso ao dizer o quanto é feliz e realizado. “Eu me encontrei durante esses anos, descobri que minha realidade é trabalhar com o restaurante e com o público. É o meu sonho realizado. Entre os erros e acertos, eu só tenho que agradecer”, conclui Rummeniggue. 

 

O Barouk Choperia e Restaurante fica localizado na Rua Ministro Gabriel Passos, número 23, no centro de Tiradentes. 

Por: Beatriz Estima

©2023 por DaTerra. Orgulhosamente criado por ASSET